ANSEF---0004

Agente da PF, que é responsável pelo setor de passaportes da SR/MS, nadou 3,8km, pedalou 180,2km e correu 42,2km junto com atletas de 38 países; foram 12 horas de prova em ritmo acelerado

CAMPO GRANDE/MS – Depois de cinco meses treinando cerca de 16 horas por semana, em média, a Agente de Polícia Federal, Leila Maria de Azeredo Santana, completou no domingo, 26 de maio, uma das etapas da prova de triatlo mais famosa do mundo: o Ironman Floripa. Com seus 3,8 quilômetros de natação em mar aberto, 180,2 quilômetros de estradas que se estendem sob duas rodas de uma bicicleta e suas consequentes pedaladas e 42,2 quilômetros de corrida, tudo numa sequência de transição de modalidades na qual o cronômetro não para, o “Ironman full”, como é chamado pelos iniciados, é o objeto de desejo dos praticantes deste esporte, que ganha mais adeptos a cada dia. E domingo foi o dia de realização da triatleta – e APF – Leila, que fechou a prova em 12 horas, 15 minutos e 44 segundos.

Pontualmente, às 7h07, 1.433 atletas, de 38 países, largaram para a competição mais esperada do ano pelos triatletas mais preparados, quando primeiro o pelotão de elite, e depois os amadores, entraram na água fria da Praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis/SC, para nadarem 3,8 mil metros dentro do mar do litoral catarinense. “Foi a melhor natação da minha vida”, conta Leila, que fez a primeira etapa em fantásticos 73 minutos e 21 segundos.

Em seguida, os atletas fazem a transição para a bicicleta, sobre a qual teriam que pedalar mais de 180 quilômetros entre planos, descidas e algumas subidas. Para isso, Leila conta com uma bicicleta americana Trek, modelo Speed Concept, com quadro de fibra de carbono e alta tecnologia para minimização do atrito com o ar. Sobre sua “bike”, Leila concluiu os 180,2 mil metros de suas pedaladas em 6 horas, 27 minutos e 46 segundos, o que dá uma média de 28 km/h. Para uma distância como esta, os que pedalam sabe do tamanho do feito.

Após mais de 7 horas e meia de muito esforço muscular e batimentos cardíacos elevados, nada melhor que iniciar uma maratona, com seus 42,2 quilômetros a pé... Se já é um feito enorme para alguns correr uma maratona, “apenas”, imagine-se começar uma após esta quantidade de exercício. E assim Leila fez, concluindo sua “maratona” em 4 horas 15 minutos e 45 segundos, cruzando a linha de chegada do “Ironman Floripa” com uma faixa nos braços abertos que, simplesmente, dizia o que todos que a conhecem já sabem: “sou uma mulher de ferro”.

     ANSEF---0005ANSEF---0003

 

 

Usuario:
Senha: