ANSEF-000132

Salvador/BA – A Polícia Federal deflagra, a OPERAÇÃO PRELÚDIO, com o intuito de combater crimes de lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas. Trinta (30) policiais federais cumprem, nas cidades de São Paulo/SP, Valença/BA e Salvador/BA, seis (6) mandados de busca e apreensão e dois (2) mandados de prisão preventiva, além de bloqueio de valores em contas bancárias e sequestro de imóveis adquiridos com recursos do tráfico de drogas.

A operação é desdobramento de uma apreensão de 810Kg de cocaína no ano de 2016, na cidade de Camaçari/BA. A droga seria enviada para a Bélgica, escondida numa carga de polpa de frutas, em um contêiner. A investigação apontou também que os investigados já tinham sido presos no ano de 1993 pela mesma prática, quando tentavam enviar cocaína para os Estados Unidos através do Porto de Fortaleza/CE.

Além disso, foi possível identificar que o chefe da organização criminosa utilizava empresas de fachada, sediadas na cidade de Valença/BA, para realizar exportações de cargas lícitas, onde eram ocultadas as drogas transportadas para a Europa. Também foi comprovado que ele construiu um patrimônio superior a 30 milhões de reais nos últimos anos, mesmo sem possuir uma atividade lícita para a obtenção desse montante, e que, entre 2010 e 2017, movimentou mais de 54 milhões de reais em contas bancárias dele e da sua esposa.

Os alvos dos mandados de prisão são do estado de São Paulo, mas se encontram morando em Salvador/BA, local onde o chefe da organização criminosa cumpre prisão domiciliar por ter sido preso em outubro de 2016, em poder dos 810kgs de cocaína, e em agosto/2017, quando descumpriu a determinação judicial de prisão domiciliar ao tentar embarcar para São Paulo com uso de documento falso.

Os investigados irão responder pelos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Usuario:
Senha: