ansef 19

Vitória da Conquista/BA – A Polícia Federal realizou a Operação Venda Furada, que visou à repressão do delito de peculato, consubstanciado na apropriação ilegal de notebooks por parte de um técnico de informática de uma empresa terceirizada que atuou no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e trabalhou na desmobilização dos postos de atendimento do TRE, em Vitória da Conquista/BA.

Policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão, expedido pelo Juiz da 2ª Vara Federal da Subseção Judiciaria de Vitória da Conquista, na residência do técnico de informática, tendo ali sido localizados e apreendidos dois dos notebooks até então desaparecidos.

Após a desmobilização dos postos de atendimento do TRE, foi detectado o desaparecimento de pelo menos cinco notebooks e de um equipamento denominado Print Server. Consoante apurado pela Polícia Federal, o investigado já estava anunciando pelo menos um dos computadores à venda pela internet, em uma página de uma rede social.

O nome da operação remete à venda de um bem que não poderia ser comercializado, pois pertence ao patrimônio do Tribunal Regional Eleitoral.

A PF faz um apelo à população conquistense para que, caso alguém tenha adquirido algum notebook com a etiqueta de tombo TRE ou com o adesivo CBTEC, que o entregue na Polícia Federal, pois a devolução espontânea do bem afasta a responsabilização pelo crime de receptação qualificada.

O investigado foi indiciado pela prática dos crimes de peculato (art. 312 do CP) e receptação qualificada (arts. 180, § § 1º e 2º do CP).

 

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal na Bahia

Usuario:
Senha: